O que é o overtraining 1

O que é o OVERTRAINING? É um problema que ocorre quando um atleta faz mais exercícios do que seu corpo é capaz de se recuperar, ao procurar melhorar o seu rendimento em treinos e provas, os atletas exageram no volume da actividade física sem ter o descanso adequado e, para alem disso, tem uma dieta incorrecta.

As consequências, no entanto, vão da ordem muscular, passando por problemas nas articulações, e resultam em danos no sistema imunológico e no aspecto psicológico do atleta.

Acredita-se que a origem do síndrome de overtraining esteja directamente relacionada com a estratégia de treino denominada “teoria da super-compensação”, que assenta no princípio da sobrecarga progressiva.

Esta teoria admite que as reservas energéticas gastas durante o processo de contração muscular são repostas apenas no período de recuperação, ou seja, de descanso.

OVERTRAINING

As causas fisiológicas e metabólicas:

– Elevação do nível do cortisol (hormona que quebra o tecido muscular para forma energia);
– Défice proteico;
– O catabolismo (reações de quebra de moléculas para produzir energia) supera o
anabolismo (reações de síntese de substâncias);
– Stress no sistema nervoso central provocando distúrbios hormonais;
– Tempo insuficiente para reparar os micro-traumas no músculo esquelético provocados pelo exercício.

Problemas que o overtraining traz aos atletas:

– Perda de condicionamento físico com perda de força e resistência;
– Dor muscular persistente;
– Sensação de fadiga crónica;
– Elevação significativa da frequência cardíaca em repouso (este é um sinal bem típico);
– Mudança de humor com quadro de depressão e irritabilidade;
– Queda da resistência imunológica;
– Perda da qualidade do sono.

OVERTRAINING

OVERTRAINING o que é?

O tratamento é claro e consiste em descanso completo de qualquer actividade física de no mínimo uma semana e, a depender da gravidade, pode se prolongar por mais tempo.

Além disso, é necessário que se aumente a quantidade de alimento ingerida, mas sempre mantendo-se a qualidade dos alimentos consumidos. Ao retomar o treino é importante reiniciar de forma mais lenta nos primeiros dias.

A prevenção do overtraining consiste em estabelecer planos no campo alimentar e de exercícios físicos adequados para o ritmo de vida, capacidade física e que sejam coerentes e equilibrados entre si.

Quanto mais intenso é o treino, maior é a necessidade de acompanhamento de um profissional no campo de educação física e no campo de nutrição, profissionais com capacidade técnica e experiência no assunto de atletas de alta performance.

Para prevenção é também importante saber reconhecer quais os sinais precoces que o corpo dá para evitar que ele “quebre” e percamos semanas ou meses de trabalho árduo.

Bons Treinos

Votos: 25 | Pontuação: 4.4

Partilhar este artigo
  • 1
    Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *