Recuperação de treino ativa ou passiva

Recuperação de treino – Costumo lembrar que é através recuperação que acontecem metade dos seus resultados. Preferindo uma escolha mais inteligente de um bom treino, ótima alimentação e atitude saudável. Esta recuperação pode ser ativa ou passiva.

Recuperação de treino ativa ou passiva

Recuperação de treino ativa ou passiva

– Ácido lático
Durante o treino, é normal o tecido muscular ativo acumular ácido lático, tambem produzido através do ácido piruvico, pela limitação de oxigénio nos musculos.
Isto poderá acontecer devido ao treino anaeróbio intenso, ou aeróbio prolongado. Este por ser um ácido, diminui o ph da célula, inibindo as reações enzimáticas que ocorrem dentro das células.
Este processo traduz-se numa fadiga constante do atleta e uma redução do desempenho desportivo, e uma menor recuperação de treino para treino, levando por vezes a cãibras ou lesões musculares, e diminuindo a motivação para a atividade fisica do atleta.

– Recuperação ativa
Esta é a chave para o sucesso desportivo de um atleta, manter sempre o seu corpo ativo e em movimento diariamente para reduzir o acumular do ácido lático, reativando o seu sistema muscular.
Na prática isto pode acontecer através de uma atividade fisica abaixo do limiar aerobio 120/140 bpm´s de acordo com a idade e condição fisica do atleta.
Uma caminhada, corrida lenta, ou passeio de bicicleta, podem ajudar neste processo, assim como uma sessão de alongamentos, estáticos, dinâmicos, ou assistidos.
Ou seja, esta recuperação deve ser feita nos 2 ou 4 dias que não faz um trabalho intenso muscular e cardiovascular.

– Recuperação passiva
Nesta fase, já que o corpo vai de fato descansar, sem movimento, devemos usar o nosso cérebro para escolher opções mais inteligentes, para que os resultados sejam mais rápidos e mais qualitativos.


Para isso, a escolha deve ser racional, para organizar da melhor forma uma atitude saudável, através de :

— Reunir boas condições para conseguir 6 a 8 horas de sono seguido, e tranquilo.
Considere 5 a 20 minutos de meditação ao começar e final do dia, para que a sua mente diminua a atividade cerebral, acontecendo um descanso consciente, melhorando a sua concentração, desenvolvendo a auto-observação e consciência corporal, reconhecendo o seu eu e a sua consciência, controlando a sua mente, e fortalecendo a vontade e determinação pelos seus objetivos de vida.

— Escolher alimentos mais nutritivos, com mais fibra e menor carga glicémica. Através de uma boa lista de compras no supermercado. Em vez de treinar, muito, treine, o regular, 3 a 4x por semana, e use o restante tempo para dedicar mais tempo para a escolha de melhores alimentos, indo mais vezes ao mercado, preferindo os alimentos frescos aos processados, e aprenda ou reaprenda a cozinhar com alimentos saudáveis para dar mais valor aos alimentos que nutrem o seu corpo, preferindo diariamente, 2 a 4 porções proteicas e 6 a 8 porções de vegetais e frutas.

— Organizar o seu treino, aumentando a intensidade e reduzindo o volume de treino. Geralmente, treinos de 60 minutos são o suficiente e a melhor opção para conseguir bons resultados, com 30 minutos de trabalho muscular, 15 m. de trabalho cardiovascular e 15m de alongamentos.
Quando prefere a qualidade de treino à quantidade, e quer otimizar o tempo disponivel para o seu treino, considere um treino personalizado, pelo menos uma vez por semana, ou mesmo quinzenalmente, para treinar numa intensidade mais alta, com maior variedade de exercicios, aumentando assim a sua motivação para a atividade fisica.

Recuperação de treino

Será numa atitude saudável que reside o seu melhor sucesso, e para isso o seu treino no ginásio é fundamental. Mas será imprescindível as boas escolhas realizadas antes e depois desse treino, através do descanso ativo ou passivo.

 

Recuperação De Treino

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *