Palatinose: Um aliado ao ganho de massa muscular e ao emagrecimento 1

Palatinose: Um aliado ao ganho de massa muscular e ao emagrecimento

Os carboidratos e as gorduras são os nutrientes utilizados como principal fonte de energia durante o exercício físico.

Quando ingeridos e absorvidos, os carboidratos são transformados em glicose que transportada pelo sangue para os tecidos, são utilizadas na forma de energia para o corpo e armazenada em forma de glicogênio no fígado (glicogênio hepático) ou no musculo (glicogênio muscular) e em forma de tecido adiposo (gordura), assim como as proteínas, os carboidratos são essenciais para a hipertrofia muscular (construção de musculo), além de disponibilizar e repor energia para o organismo, favorece o bom funcionamento do sistema imunológico, entre outras funções.

Sendo assim os músculos utilizam as fontes de energia que mais se acumulam. E é nesse processo que a palatinose trará benefícios ao seu treino.

O que é palatinose?

A palatinose, também chamada de isomaltulose, é um tipo de carboidrato derivado do açúcar da beterraba e modificado quimicamente para ter uma absorção mais lenta e completa pelo organismo, tem o sabor parecido com o açúcar, porém com o poder adoçante menor, cerca de 30-50%.

A palatinose também pode ser encontrada, em menor quantidade, em alimentos naturais como o mel, a cana de açúcar e a beterraba. Muito utilizado no Japão desde 1985, porém foi descoberto na Alemanha em 1957 na região de Palatinado, daí o nome palatinose.

Quando ingerido e absorvido pelo organismo é liberado na corrente sanguínea de forma gradativa, não permitindo picos de insulina e gerando energia por mais tempo.

Isso acontece devido ao seu índice glicêmico ser menor que o açúcar branco, por exemplo, embora tenha as mesmas quantidades de calorias por gramas.  o IG da palatinose é de 32 enquanto do açúcar comum (sacarose) é 100.

E o que Índice Glicêmico (IG)

O índice glicêmico está relacionando ao tempo em que ocorre o processo de digestão e absorção do carboidrato, que quando acontece de forma rápida e o corpo não gasta essa energia, a insulina (hormônio responsável por controlar os níveis de açúcar no sangue) pega essas moléculas de glicose do sangue e transforma em gordura.

Isso significa que quanto menor o índice glicêmico mais lenta será a resposta glicêmica e secreção de insulina. 

palatinose

Quais os benefícios da palatinose?

Como vimos anteriormente, a palatinose é um carboidrato de baixo índice glicêmico e como todo carboidrato serve como combustível durante a atividade física, no entanto devido a absorção mais demorada fornece energia por um período de tempo maior, com isso, mais disposição por mais tempo, mais concentração e garante uma melhor performance e efeito anticatabolico, sendo ideal para atividades de longa duração como maratona, natação, crosfit, ciclismo entre outros.

Sua absorção demorada também evita piscos de insulina e permite ao organismo utilizar gordura como fonte de energia preservando glicogênio hepático e muscular gerando um efeito positivo para o emagrecimento e ganho de massa muscular além de mais resistência nos treinos evitando a fadiga.

A palatinose é um carboidrato de boa qualidade que permite boa digestibilidade pelo organismo resultando em uma diminuição de quadro de diarreia e distensão abdominal ocasionado pela formação de gases.

No caso de atividades que duram menos de 1 hora, na musculação, por exemplo o ideal é preferir fontes de carboidratos mais nutritivos, ricos em fibras, vitaminas e minerais como cereais integrais, frutas, raízes e tubérculos.

Nessa modalidade, a palatinose, devido a sua praticidade, pode ser consumida como substituição quando não há tempo para prepara uma refeição.

Pode ainda consultar mais informação em 20Bet

Palatinose foto 2

Qual o melhor horário para consumir palatinose?

O horário mais indicado para o consumo da palatinose é no pré treino, cerca de 20 a 40 minutos, ou ainda durante a atividade de endunrace (mais entesas).

A palatinose possui boa intolerância intestinal, portanto, não há efeitos colaterais, porém o consumo exacerbado pode provocar desconforto gástrico.

A quantidade ideal, segura e eficaz vai depender de vários fatores como seu metabolismo, duração do exercício, consumo calórico e gasto energético durante o dia.

A dose pode variar de 15 a 30 g/dia, importante procurar um profissional nutricionista para que possa calcular a quantidade ideal para sua necessidade.

Dicas de consumo: a forma mais pratica é diluída em água, entretanto pode ser adicionada a sucos naturais como o da beterraba e outros vegetais vermelhos e roxos que possui nitrato em sua composição que promove a vasodilatação e melhora a oxigenação levando energia de forma rápida para os músculos.

Quando associada a ceratina monohidratada, a isomaltulose,  promove desempenho e força durante a pratica de atividade física proporcionando um treino com 100% de rendimento e sem fadiga muscular.

Votos: 15 | Pontuação: 4.5

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *